7 de dezembro de 2017
Imprensa
NOTA DE ESCLARECIMENTO - Seagri informa sobre abastecimento de água em comunidades

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Juazeiro do Norte (Seagri) informa que realizou um estudo situacional da rede de abastecimento de água operada pela Prefeitura Municipal, e que tem tomado todas as providências para garantir que as comunidades rurais recebam água de qualidade e em quantidade suficiente para o consumo e manutenção das famílias.

A Seagri ressalta que o estudo demostrou que a oferta de água na zona rural de Juazeiro do Norte é suficiente para atender a população, mesmo com o Ceará enfrentando o sexto ano consecutivo de seca, o que afeta as reservas hídricas e a vazão dos poços.

O Estudo Situacional realizado pela equipe técnica da Seagri, mediu o tempo de funcionamento e vazão em 32 poços artesianos, coletando informações sobre a localização, sistema de bombeamento (tipo de bomba, potência do motor, diâmetro da sucção e do recalque e vazão, tempo de funcionamento), poço (profundidade, ano de perfuração, profundidade de instalação da bomba e vazão) e caixa de água (volume armazenado, altura de coluna de água). 

Com estes dados foi possível calcular o volume de água recebido por residência e por cada pessoa, diariamente, o resultado está acima da estimativa estipulada pela Organização das Nações Unidas (ONU) de 110 L/ Hab/ Dia. O estudo evidenciou que não há problema referente a quantidade de água nas comunidades rurais de Juazeiro do Norte, mas sim com a distribuição que é feita de forma inadequada.

Quanto ao problema relatado nos Sítios Taquari e Espinho, os técnicos da Seagri já concluíram o trabalho de levantamento da situação e ficou constatado que em algumas casas o abastecimento tem sido suficiente, em outras não. O problema ocorre pela má distribuição do recurso hídrico, utilização da água para irrigação, vazamento e mais de uma ligação por residência. Para resolver essa situação a Seagri está elaborando um plano estratégico, que deve injetar mais 25 mil litros de água na rede para readequação do sistema de abastecimento.

Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) e Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) a Seagri possibilitou a perfuração de mais quatro poços artesianos nas comunidades do Taquari, Espinho, Riachão e Jurema. Os novos poços já foram perfurados e tem um prazo de 60 dias para conclusão. Essa inciativa vai reforçar o volume de água na rede de distribuição, garantindo o atendimento a todas as residências da zona rural de forma adequada.

O Secretário Romão França diz que a secretaria está trabalhando em outras frentes, em consonância com as associações comunitárias na busca de alternativas consistentes para o uso racional da água. Uma das propostas em análise é de ampliar a área de domínio do Sisar, um sistema que tem desenvolvido trabalho de forma eficiente na gestão de recursos hídricos em zona rural. O secretário reforça, ainda, que em todas as comunidades onde o sistema Sisar foi implantado os problemas diminuíram consideravelmente.


Tópicos: